• +51 4061-2323 |
  • Avenida Cairú, 500. Porto Alegre. RS. Brasil |
  • sat@avansat.com.br

OS PADRÕES NO ROUBO DE CARGA E COMO EVITÁ-LOS

OS PADRÕES NO ROUBO DE CARGA E COMO EVITÁ-LOS

Saiba mais sobre os locais, horários e cargas mais frequentes dos roubos no Brasil.


 

O roubo de cargas vem crescendo drasticamente no Brasil nos últimos anos. De 2010 a 2015 as incidências aumentaram mais de 50% – de acordo com a pesquisa da NTC&Logística divulgada esse ano – e os números devem subir ainda mais em 2016.

Com base nos dados de 2015, a pesquisa identificou macro indicadores que se tornaram padrões e podem ser verificados no infográfico abaixo.

 

Além dos danos físicos e psicológicos causados às vitimas, os roubos provocaram a morte de quase 300 motoristas e ajudantes em ataques de carga entre 1998 e 2015. Embora essas mortes ocorram com menor escala atualmente, devido à gestão de risco que orienta a não reagir quando assaltados, algumas medidas ainda devem ser tomadas para prevenir ou mitigar os roubos de carga.

 

QUAIS MEDIDAS AUXILIAM NA PREVENÇÃO DO ROUBO DE CARGAS?

 

1. CÂMERAS DE MONITORAMENTO: Aliadas a um software eficiente, as câmeras ocultas podem auxiliar na prevenção ao roubo e também na recuperação da carga.

 

2. GESTÃO DE ROTAS: A verificação e variação do percurso é uma excelente ferramenta para prevenir abordagens inesperadas e mitigar o roubo de carga pelo crime organizado.

 

3. TREINAMENTO DA EQUIPE: Capacitar os motoristas com treinamentos básicos de segurança, informações sobre regiões de mais atenção e formas de identificar ameaças são essenciais para a proteção da sua carga.

 

4. PROTEÇÃO DA CARGA: Instrua seus servidores a ficar atento ao veículo em todos os momentos. Grande parte dos roubos acontece em paradas para repouso e atenção a esses momentos pode reduzir os riscos.

 

5. COMUNICAÇÃO AVANÇADA: A comunicação entre todos os envolvidos é essencial para qualquer transporte com segurança. Caso haja alguma irregularidade, esclareça seus trabalhadores a ligarem para a polícia e para a empresa para que ambas possam tomar as devidas providências.