Transporte de combustíveis: segurança em primeiro lugar

A segurança no transporte de cargas precisa estar na pauta com frequência, principalmente quando falamos do deslocamento de cargas perigosas como é o caso do transporte de combustíveis. De acordo com o nosso diretor de operações, Sérgio Raabe, o aporte tecnológico para segurança da carga, do caminhão e do motorista são fatores essenciais para a garantia de operações seguras – e esse é justamente o foco da Avansat.

“Criamos soluções a partir da integração das melhores tecnologias disponíveis no mercado mundial”, destaca Raabe. Segundo ele, em 2019 foram comercializados no Brasil 140 bilhões de litros de combustível e, em 2020, 132 bilhões. “Para termos uma ideia, se todo esse volume fosse transportado por caminhões de 15 mil litros de capacidade, teríamos observado em 2020 o equivalente a 9,3 milhões de viagens”, exemplifica.

Se pararmos para pensar que cada trecho destes passou pelo meio urbano ou rural e que no momento da descarga, houve um protocolo de segurança que deveria ter sido seguido. Imagine que o motorista poderia estar cansado, apresentando sinais de fadiga ou falando no celular enquanto dirigia, por exemplo.

Os números acima são de combustíveis, mas devemos lembrar que há também o transporte de petroquímicos, químicos, GNC (Gás Natural Comprimido) entre outros produtos que, durante seu transporte, podem estar sendo visados para roubo ou gerar passivos ambientais em casos de acidente. “Numa operação desta magnitude, há também que se pensar nos custos logísticos e o quanto nós da Avansat podemos ajudar na gestão e redução dos mesmos”, reitera.

Tecnologia a favor da segurança: otimizando o transporte de combustíveis

Diante deste cenário, apresentamos aos nossos clientes o que há de mais adequado para cada situação, a partir de um amplo portfólio de soluções integradas em uma única plataforma gerencial. Temos câmeras DSM (driver status monitor) e ADAS (advanced driver assistance system) dedicadas à prevenção de acidentes. Ambas utilizam inteligência artificial em seu processamento.

A primeira monitora o comportamento do motorista identificando fadiga, bocejo, tabagismo e distração. Já a segunda, alerta para colisões, desvios de faixa entre outras funções. Há também, nesta linha do Safety, uma solução que previne o tombamento do caminhão, o que é muito relevante em transportes de carga que tem o centro de gravidade em posição onde a força G se torna mais crítica ainda.

Nosso sistema de videomonitoramento em tempo real via 3G/4G e o reconhecimento facial com atuação no veículo complementam nossas soluções na linha dos produtos relacionados com imagem. “Trabalhamos com a maior empresa de telemetria do mundo e nossa solução de rastreamento está entre as mais conceituadas do país. Tudo isso permite acesso a informações e imagens de forma rápida, tornando mais concreta a gestão dos processos relacionados à segurança da operação de carga e descarga dos combustíveis, da condução do veículo e da manutenção corretiva e preventiva da frota”, destaca.

Soluções na prática: como a tecnologia pode otimizar a logística da sua empresa

Algumas das possibilidades de monitoramento com o uso das nossas tecnologias incluem:

  • Avaliar se o protocolo de descarga de combustível foi seguido em qualquer ponto do Brasil;
  • Verificar se o caminhão foi aterrado;
  • Confirmar se o motorista usou Equipamentos de Proteção Individual (EPIs);
  • Uso de sinalizações adequadas e placas indicando que é proibido fumar;
  • Saber se o engate rápido na tampa do tanque subterrâneo foi bem engatado, entre outros.

“Acidentes ambientais podem contaminar galerias pluviais urbanas, plantações nas faixas de domínio das rodovias, cursos d’água e até o lençol freático. Quanto custa isso para a empresa, para a população atingida e para o meio-ambiente?”, questiona Raabe. Ele ainda complementa que não há métrica que avalie “o valor de evitarmos a morte de um colaborador que conduz a carga embarcada por nossos clientes”.

Além disso, oferecemos também a detecção de ponto cego BSD (Blind Spot Detection) e o sistema de vigilância da pressão dos pneus Tyre Pressure Monitoring System (TMPS). O BSD tem aderência com tecnologias safety, como o DSM e ADAS. Já o TMPS vai na linha da telemetria, gerando controle e planejamento de manutenções.

Nosso país tem um modal rodoviário preponderante, que atualmente responde por quase 65% da carga transportada, e diante desta realidade temos que nos preparar para mitigar riscos, controlar custos e aprimorar processos gerenciais. A Avansat com mais de 25 anos de mercado se diferencia pela especialização em customizar cada projeto de acordo com demandas específicas de cada cliente.

Conheça mais sobre nós

Nós, do Sistema Avansat, somos pioneiros na segurança de cargas com videomonitoramento. Com nossas tecnologias, tornamos possíveis análises e insights antes inacessíveis. O resultado é redução de custos de combustível, melhor treinamento dos motoristas e uma visão ampla e completa do que acontece com seus veículos nas ruas e estradas. Assim, contribuímos diretamente para o ROI do seu negócio, além de preservar cargas e, principalmente, vidas.

Somos especialistas em convergir tecnologias na gestão da informação, tornando diversas ferramentas compatíveis e gerando dados. Informações que podem ser trabalhadas de forma preditiva, analisadas com rapidez e cruzadas com diversos bancos de dados de logística.

Estamos ao lado de cada cliente para ir em frente. Trilhamos o caminho dos melhores resultados ao lado de empresas de todos os portes, como Souza Cruz, DHL, Pepsico, Philip Morris, B2W, Fadel, Scapini, entre outras.

Acompanhe nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Linkedin. Entre em contato conosco clicando aqui.

COMPARTILHE EM SUA REDE:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter